Guias Missionarias

    As Guias Missionárias são espíritos de alta hierarquia, vindas do Reino de Zana (*),
destacadas para proteger e acompanhar as ninfas do Amanhecer, que as escolhem por afinidade.
Realizam grandes trabalhos no espaço, completando o que suas ninfas protegidas fazem na
Terra. Em todas as situações, elas estão ajudando e participando da jornada das ninfas, exceto
quando alguma ninfa se coloca fora da conduta doutrinária, o que faz com que sua Guia
Missionária não tenha condições de se aproximar, por força do padrão vibratório. As Guias
Missionárias são como verdadeiros Anjos da Guarda, manipulando todas as forças que as ninfas
emitem ou recebem. Quando uma ninfa está escalada para um trabalho, sua Guia Missionária
comparece antes, já tomando todas as providências, no Plano Espiritual, para sua correta
participação. Quando a ninfa está escalada e não comparece por motivo de força maior, sua Guia
Missionária participa do trabalho e irradia as forças necessárias para ajudar e proteger a ninfa
para vencer a dificuldade que a impediu de comparecer. Mas triste é quando uma ninfa deixa de
cumprir sua escala por preguiça ou displicência, e fica isolada, abandonada por sua Guia
Missionária que parte para fazer o trabalho para o qual foram escaladas, deixando-a sem qualquer
proteção e sem receber os benefícios daquele trabalho. Quando a ninfa desencarna, sua Guia
Missionária a recepciona no plano astral, conduzindo-a para Pedra Branca. Zana é o reino das
grandes falanges missionárias do Espaço e de lá se projetam as forças para serem manipuladas
pelas Guias Missionárias e pelas ninfas nos Sandays que trabalham com as forças das Estrelas. A
força de uma ninfa com sua indumentária de missionária, que se soma a todas que já possui,
procede diretamente de Zana, através de sua Guia Missionária. Na Consagração das Falanges
Missionárias de 20.9.98, os Devas atribuíram os prefixos das Guias Missionárias de acordo com
cada falange.
• “Minha filha, Salve Deus! Não serás mais como a nuvem que vive a vaguear no caminho do
vento do mundo. Porque quis a vontade de Deus te agraciar com esta rica Guia Missionária,
companheira da última hora, vinda de mundos afins da luz e do amor, com a missão, nesta
jornada, de avaliar contigo, nos carreiros terrestres, e aliviar os tristes destinos cármicos.
Porque, filha, os cristãos apontam os anjos, os cientistas engrandecem a Terra. A Doutrina
junta os dois e forma a Luz para a Nova Era! Contigo ela caminhará, se tiveres a fé do teu
amor. E não terás também crepúsculo. Jesus, que é testemunha dos meus olhos, responderá
por mim, na luz de nosso Pai, que é o Simiromba de Deus!” (Tia Neiva, 5.7.80)
• “Toda obra humana, sem exceção, cria, no espírito, a imagem pela ação do pensamento e só
depois de materializa. Sim, filhas, isto ocorre com a evolução, no desejo de servir com amor,
humildade e tolerância. Quanto mais evoluído o espírito, mais poderoso se torna o seu
pensamento criador, que vai se materializando na força mântrica que envolve esses seres
angelicais, que são essas vossas Guias Missionárias!(...) Em mil missionárias, cada uma vibra
sua harmonia, sua beleza, porque nela está o toque divino dos Grandes Iniciados e de suas
Guias Missionárias, nas concentrações das filas mântricas.” (Tia Neiva, 6.6.80)
(Tumarã)

                           prefixo da Guia Missionaria para as Yuricy :  ESKRA(Sol)  ESKA(Lua).......origem palavra grega significando    Precisão ,Exatidão,Pontualidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário